- AMERICAN IDOL - THE VOICE US/UK - THE X FACTOR

- ÍDOLOS - THE VOICE BRASIL - THE VOICE KIDS

Vídeos e comentários: audições (S15E06)

American Idol 2016 S15E06 ultimo dia de auditions

Em clima de nostalgia, foi ao ar o último episódio de audições da história do American Idol. Vimos, pela última vez, um candidato recebendo o golden ticket para Hollywood Week. Não, não foi fácil. Mesmo com momentos emocionantes, os candidatos decepcionaram na qualidade. O final do programa, com um clipe dos jurados Keith Urban, Jennifer Lopez e Harry Connick Jr falando sobre o reality, foi o melhor de tudo que aconteceu nessas duas – arrastadas – horas.

Leia os comentários do Coloca e assista aos vídeos.

Atlanta, Philadelphia and San Francisco Auditions (S15E06)

Jessica Cabral – 21 anos – “Brand New Me” (Alicia Keys)

Ponto forte: ela é filha de brasileiros! Sim, nós reclamamos dos votos bairristas no programa, mas quando aparece alguém da nossa terra, o coração bate mais forte. Além de ter essas raízes maravilhosas, sua capacidade vocal é explícita e a aparência agrada aos olhos de quem a vê. É um combo perfeito!
Ponto fraco: não cantou nada em português no programa. Seria a nossa última oportunidade de se sentir tão representado no American Idol.

Cody Ostenga – 23 anos – “Proud Mary” (Creedence Clearwater Revival)

Ponto forte: é desinibido e não tem medo de pagar mico em frente às câmeras. A dança do ventre enquanto corria e atirava foi uma das coisas mais engraçadas da temporada até agora.
Ponto fraco: não canta nada, né? Obviamente levou 3 nãos – e ainda leva pra casa a zoação eterna de seus amigos.

Brian Dale Brown – 27 anos – “Unchained Melody” (Righteous Brothers)

Ponto forte: é engraçado e entretém os jurados. Tem uma voz potente e capaz de preencher qualquer ambiente.
Ponto fraco: ele acha que é mais engraçado do que realmente é e acha que canta melhor do que realmente canta. Em uma temporada tão forte, sua aprovação para Hollywood chega a ser injusta.

Gina Naomi Baez e a cachorrinha Tinkerbell – 27 anos – “Lips are Moving” (Meghan Trainor)

Ponto forte: ela é carismática e defensora dos animais, e a gente apoia essa causa.
Ponto fraco: se quiséssemos ver apenas uma boa relação com o bichinho, assistiríamos Luisa Mell. Acompanhamos o American Idol para conhecer cantores. Ela está longe disso.

Melany Huber – 17 anos – “Talking to the Moon” (Bruno Mars)

Ponto forte: sua vontade vem estampada no olhar. A fragilidade de sua doença se transforma em força quando ela canta, e essa força vem num timbre lindo.
Ponto fraco: apesar do timbre bonito, ela deixou claro que não tem muita extensão vocal. A competição exige isso.

Rachel Karryn, Caroline Byrne, Bianca Espinal

Justin Sullivan – 22 anos – “What Doesn’t Kill You (Stronger)” (Kelly Clarkson)

Ponto forte: ele tem paixão pelo que faz. Sua participação representa eu, você e mais um monte de gente comum que acompanha o American Idol há todos esses anos e gostaria de homenagear o programa.
Ponto fraco: canta direitinho, mas não é nada comparado aos outros candidatos da temporada. Além disso, seu amigo músico é um dos cara mais mal humorados que já pisou na sala de audições. Levaram 3 nãos, mas até que os jurados foram fofos, né?

Chyna Sherrod – 16 anos – “One Last Time” (Ariana Grande)

Ponto forte: apresentou uma versão única da música e tem um timbre bonito. A serenidade ao cantar deixou tudo ainda mais gostoso de assistir. Se já não fosse o suficiente, ela ainda é extremamente carismática.
Ponto fraco: se ela tiver algum ponto fraco, não foi nessa audition que ela mostrou.

Lillian Glanton – 15 anos – “Country Boyfriend” (música original)

Ponto forte: tem só quinze anos e já consegue escrever boas canções com apelo comercial.
Ponto fraco: melhor compondo do que cantando.

Casey Haynes – 23 anos – “Brother” (Needtobreathe Feat. Gavin Degraw)

Ponto forte: tem um timbre que lembra o Jon Bon Jovi e um visual meio Elvis Presley. Pra completar, superou o vício das drogas, tipo o Keith Richards. Ele é uma junção de astros!
Ponto fraco: é um bom cantor, mas ainda não apresentou personalidade suficiente para se tornar um American Idol.

Zach Person – 18 anos – “Next Door Neighbor Blues” (Gary Clark Jr)

Ponto forte: ótima voz, cabelo perfeito, confiança no palco, toca absurdos.
Ponto fraco: foca muito o instrumental e acaba deixando a voz em segundo plano.

Colette Lush – 19 anos – “Who’s Loving You” (Jackson 5)

Ponto forte: ela é a babá ruivinha mais linda do mundo, tem um timbre gostoso e ainda canta muito bem.
Ponto fraco: foi comparada com a Carrie Underwood pela JLo. Pode parecer algo bom, mas acredito que isso tenha colocado uma pressão absurda na Colette.

Avalon Young – 21 anos – “XO” (Beyoncé)

Ponto forte: ela adora música. Está lá para apresentar seu trabalho e essa paixão é bonita de se ver.
Ponto fraco: o problema é que ela está em um reality show, ainda que musical. Como pode achar que o visual não tem importância? Está completamente errada. Ao mesmo tempo, o look dela é perfeito para a proposta musical.

Usen Isong – 23 anos – “Not The Only One” (Sam Smith)

Ponto forte: entrou no programa como se fosse um candidato bizarro, mas surpreendeu ao soltar a voz.
Ponto fraco: ele parece descompensado. Essa profissão dele de ficar aparecendo no background das cenas é esquisita. O problema é que ele realmente ama ser um figurante!

Jaci Butler – 19 anos “It Will Rain” (Bruno Mars)

Ponto forte: canta com muita segurança.
Ponto fraco: chegou com cabelo verde, pintura na cara, toda uma vibe pop/rock adolescente… e cantou Bruno Mars. Não fez sentido algum. E outra: essa menina e os amigos de banda dela precisam criar vergonha na cara. Deve ser insuportável isso de todos viverem na casa dos pais da garota. Na realidade, eu não faço a menor ideia de como eles aguentam isso.

Stephany Negrette – 21 anos – “Who’s Loving You” (Jackson 5)

Ponto forte: eu já estava esperando uma voz aguda e irritante, mas me surpreendi com uma voz grave e deliciosa. Stephany é a pitada de cafonice que o Coloca estava sentindo falta. Linda, latina e brega, até no nome. Super desenrolada, consegue se comunicar naturalmente com a câmera.
Ponto fraco: candidatas latinas não costumam chegar longe na competição.

Manny Torres – 20 anos – “This Love” (Maroon 5)

Ponto forte: amante latino! Assim como a maioria dos outros homens aprovados, ele toca violão e canta um mesmo estilo musical. Manny carrega sua latinidade para os arranjos, tornando a performance única. Ótimo músico e soube encaixar bem a sua voz.
Ponto fraco: pode virar uma das paixões da JLo, uma coisa parecida com Stefano Langone. Já estamos rezando para que isso não aconteça.

Quer saber se alguém deste episódio está no Top 24? Clique AQUI e descubra!

Veja também:

Comentários