- AMERICAN IDOL - THE VOICE US/UK - THE X FACTOR

- ÍDOLOS - THE VOICE BRASIL - THE VOICE KIDS

Criador da série, Simon Fuller garante: “American Idol não vai acabar”

simon fuller

Se você já derramou muitas lágrimas desde que soube que esse será o último American Idol, já pode ter uma pontinha de esperança. Simon Fuller, o criador do reality, ainda não trata a trajetória do programa como encerrada e garante que o show pode voltar “after the break”, como diria o Ryan Seacrest.

Com a popularização de serviços de streaming como Netflix, Fuller disse que está avaliando maneiras de renovar o formato para uma volta triunfal do Idol.

“Estou focado em descobrir como podemos evoluir o Idol. Nós estreamos no início da era digital. Portanto, a próxima geração do Idol será muito mais interativa, muito mais imersiva. Para mim, a coisa mais estimulante é que nós agora podemos mergulhar de cabeça em todas as novas tecnologias que estão surgindo. A próxima geração do Idol – e o Idol vai voltar, com certeza – terá um brilho de juventude e o programa será pioneiro mais uma vez, assim como foi quando começamos o reality”, afirmou.

Momentos mais significativos do Idol

Kelly Clarkson e Justin Guarini

Na entrevista dada ao site The Hollywood Reporter, Simon ainda revelou quais foram os destaques do Idol para ele: a final entre Kelly Clarkson e Justin Guarini, a descoberta de Carrie Underwood e a jornada de Chris Daughtry, que não venceu o programa, mas se transformou em um astro.

Adam Lambert Mad World

Indagado se tinha alguma performance favorita, Fuller disse que tinha várias, mas citou apenas “Mad World”, apresentação feita por Adam Lambert no American Idol 8. “Foi tão inesperado e magnífico”, contou.

Veja também:

Comentários