- AMERICAN IDOL - THE VOICE US/UK - THE X FACTOR

- ÍDOLOS - THE VOICE BRASIL - THE VOICE KIDS

The Voice US 2016, Season 10: Blind Auditions (S10E02)

The Voice 2016 US 10 videos

Veja como foi o segundo episódio do The Voice 2016! Depois de uma estreia esplendorosa, com Christina Aguilera roubando a cena e conquistando a melhor candidata da noite, Adam Levine, Blake Shelton e Pharrell Williams agora precisam correr atrás do prejuízo. Será que alguma ‘Blind Audition’ merece pimenta hoje?!

Assista aos vídeos e leia os comentários do Coloca!

Review – The Voice US 2016, Season 10: The Blind Auditions Premiere, Part 2 (S10E02) – Episódio completo

Veja nosso review sobre a estreia do The Voice 10
The Voice 2016: como assistir online?
Calendário oficial de episódios do The Voice US

Joe Vivona – Dreaming with a Broken Heart (John Mayer)

idolometro

Desafinou bastante e deu pra ver que ele não tem muito fôlego, mas, mesmo com todos esses problemas, conseguiu emocionar. Ele tem um timbre maravilhoso, parecido com o do James Morrison, mas um pouco mais encorpado. Adam, Blake e Pharrell viraram. Seguindo a vontade do avô, Joe escolheu Pharrell.

Shalyah Fearing – What Is Love (V Bozeman)

idolometro

Ótima intérprete. É surpreendente saber que ela só tem quinze anos, já que consegue entregar uma performance tão densa. Uma coisa revoltante nessa audição: apenas a Christina Aguilera virou. Como isso é possível? Shalyah tem um vozeirão e muito carisma, só precisa de algumas boas dicas da Xtina pra não cair no esgoto das divas datadas. A técnica tem que aproveitar a idade da Shalyah e escolher um repertório capaz de atingir todo o público adolescente que acompanha o The Voice. Se isso acontecer, essa parceria pode dar muito certo.

Adam Wakefield – Tennessee Whiskey (Chris Stapleton)

idolometro

Mais um candidato com um ótimo timbre. Visual certinho. Escolheu uma música excelente, que se afasta do country chato e até eu sou capaz de gostar. Foi muito bem. Adam e Blake viraram, mas ele ficou com o último.

Caroline Burns – So Far Away (Carole King)

idolometro

Super fofinha. Ela ainda tem uma voz de criança, mas muito bonita e gostosa de ouvir. Só não acho que ela esteja pronta para uma competição como o The Voice. A sensação que eu tenho é que ela será devorada na fase das Battles, mas torço para estar enganado. Adam e Blake viraram, mas ela ama Maroon 5 e escolheu o técnico Adam.

Natalie Clark – All Right Now (Free)
Ninguém virou.

Emily Keener – Goodbye Yellow Brick Road (Elton John)

idolometro

Ela tem um potencial absurdo. O começo da performance foi maravilhoso! Me trouxe uma sensação de que eu estava vendo uma Sarah McLachlan surgindo, de tão mágica que essa Blind Audition estava, mas, poucos segundos depois, acordei pra vida. Emily foi bem nas partes mais altas da música, porém, talvez por todos os técnicos terem virado, a apresentação desandou e a voz dela ficou feia. Se essa queda de rendimento tiver sido causada só pelo nervosismo, ótimo. Se não for isso, as quatro cadeiras virarem para ela foi algo até injusto. Emily escolheu o Pharrell Williams.

Laith Al-Saadi – The Letter (Joe Cocker)

idolometro

Músico talentosíssimo, rosnados maravilhosos e ótima presença de palco. Mas fico imaginando como deve ser triste ter tanta barba e não ter mais cabelo direito. Adam e Blake viraram, mas ele escolheu o Team Adam.

Angie Keilhauer – I Hold On (Dierks Bentley)

idolometro

Linda e muito segura no palco! Lembra bastante a Cassadee Pope. Angie pode pegar esse violão e começar sua turnê, já é uma artista pronta. Adam, Pharrell e Blake viraram. Como é cantora country, tomou a decisão certa e escolheu o Team Blake.

Lacy Mandigo – Son of a Preacher Man (Dusty Springfield)
Jonathan Bach – Born This Way (Lady Gaga)
Katherine Ho – Wildest Dreams (Taylor Swift)

Não dá pra aturar um programa de duas horas que picota as Blind Auditions assim. Lacy Mandigo foi para o time da Xtina. Jonathan entrou para o Team Pharrell. Katherine Ho foi disputada por Adam Levine e Blake Shelton, mas ficou com o Adam.

Theron Early – “Amazed” (Lonestar)
Ninguém virou.

Kata Hay – Redneck Woman (Gretchen Wilson)

idolometro

Essa mulher é maluca e sabe entreter! Adorei a audição e a pessoa, mas a cantora ainda não me convenceu. Não achei a voz dela nada fora do comum e até entendo o Blake ter sido o único técnico a não virar. Ele entende de country e não tem motivo algum para apertar aquele botão para um participante mediano, não é? Kata Hay deu um selinho na Christina Aguilera e, pelo jeito, não é só a voz da Xtina que seduz, já que a candidata foi para o time dela.

Veja também:

Comentários