- AMERICAN IDOL - THE VOICE US/UK - THE X FACTOR

- ÍDOLOS - THE VOICE BRASIL - THE VOICE KIDS

The Voice USA 2016, Season 10: Top 9 Performances (S10E23)

The Voice USA 2016 Top 9 Performances

Mais uma grande noite de performances no The Voice USA 2016! Nesta segunda-feira (09/05), acompanhamos as apresentações do Top 9.

Participações especiais: Blake Shelton e Gwen Stefani (sim, de novo) fizeram um dueto com “Go Ahead and Break My Heart”, música do álbum If I’m Honest, novo CD do técnico. Jordan Smith, vencedor da temporada anterior do The Voice, fez uma performance para celebrar a chegada dos Jogos Olímpicos de 2016. Além dos pombinhos e de Jordan, o duo Florida Georgia Line se apresentou com o single “H.O.L.Y.”.

Será que algum participante mereceu ganhar pimenta hoje? Assista aos vídeos e leia os comentários do Coloca para saber!

Review – The Voice USA 2016, Season 10: The Live Shows – Top 9 Performances (S10E23) – Episódio completo.

Paxton Ingram – I Wanna Dance with Somebody (Whitney Houston) – Team Blake

idolometro

Como já havia imaginado, o Blake só quer o Paxton cantando baladas de divas. É uma pena. Até o título dessa música tem dança e mesmo assim o Paxton não explorou o seu lado performer. Fico imaginando se ele vai sobreviver na competição. Foi o primeiro a se apresentar (famoso death spot), fez um arranjo sem graça pra música e ainda desafinou.

Mary Sarah – My Church (Maren Morris) – Team Blake

idolometro

Repara na plateia inteira batendo palma sincronizadamente. Quanto será que ela pagou pra essa gente? Enfim, achei a performance interessante. Mary Sarah sempre foi sem sal, mas hoje ela mostrou um pouco mais de personalidade, como se tivessem colocado uma certa pimenta – mas só um pouquinho – na menina. Foi uma boa evolução. Já começo até a ter medo de ver ela na final do The Voice.

Nick Hagelin – Hold On We’re Going Home (Drake) – Team Christina

idolometro

Melhor apresentação do Nick na temporada. Se ele não tivesse exagerado tanto no falsete na parte do refrão, eu teria gostado ainda mais, mas merece um hot pela evolução.

Hannah Houston – Say You Love Me (Jessie Ware) – Team Pharrell

idolometro

Essa performance teve três momentos distintos! O início foi ruim, com Hannah abusando do vibrato e deixando tudo horrível. Na segunda parte, ela demonstrou como tem uma voz angelical. Foi um combo perfeito: o figurino certo, a beleza natural da Hannah e muita fumaça. Por alguns segundos, fomos alçados ao céu. Mas isso não durou muito. Na última parte da apresentação, Hannah ficou completamente descontrolada e errou praticamente tudo. O bom é que ela não usou tanto aquela mãozinha nervosa hoje e passou uma emoção genuína do início ao fim da performance.

Florida Georgia Line – H.O.L.Y.

Shalyah Fearing – A Change is Gonna Come (Sam Cooke) – Team Adam

idolometro

Uma das melhores apresentações da Shalyah nessa fase, mas eu já desisti de esperar por uma performance no nível de “Listen”. Adoro essa garota, mas só o tempo vai permitir que ela evolua – já que o Adam Levine não conseguiu aproveitar todo o potencial da menina.

Laith Al-Saadi – We’ve Got Tonight (Bob Seeger) – Team Adam

idolometro

Saiu do violão, foi pro piano e foi bem, como tem feito desde o início do programa. Eu gosto de ver como o Laith se esforça pra trazer algo diferente. Isso é o que mais distância ele do Adam Wakefield, que passa a sensação de sempre repetir a mesma apresentação. Mas tenho sentido que Laith está ficando muito nervoso. Ele não costumava errar tanto vocalmente, mas agora sempre tem uma falha aqui e ali na voz. De qualquer forma, espero que o público tenha se emocionado com a namorada dele (linda, por sinal) chorando na plateia e vote muito no Laith. É um dos maiores artistas dessa temporada e merece chegar na final. E, se não for pedir muito, já quero ele cantando “Candle In The Wind”, do Elton John.

Blake Shelton e Gwen Stefani – Go Ahead and Break My Heart

Jordan Smith – I Lived (OneRepublic)

Adam Wakefield – Love Has No Pride (Linda Ronstadt / Bonnie Raitt) – Team Blake

idolometro

Adam é o cantor mais profissional dessa temporada. Ele não erra, é realmente impecável. O problema é que essa sensação de que ele faz sempre a mesma coisa simplesmente não passa. Ele precisa diversificar, precisa se arriscar e trazer algo de diferente. De qualquer forma, seria injusto não dar uma pimenta para uma performance irretocável como essa.

Alisan Porter – Cryin’ (Aerosmith) – Team Christina

idolometro

Pior apresentação da Alisan no programa. Muita gritaria e zero de conexão com a música. Espero que a Christina obrigue ela a cantar country semana que vem!

Bryan Bautista – 1 + 1 (Beyonce) – Team Christina

idolometro

Apesar de achar que já é um pouco tarde para isso, Bryan parece estar voltando ao eixo. Super romântico, gostei de ver que ele não se preocupou com a cafonice nessa performance e simplesmente se jogou no palco. Acertou de novo na apresentação, mesmo com uma música absurdamente chata. Fico imaginando o show que seria ele cantando “Hold On We’re Going Home”, música que o Nick cantou essa semana.

Veja também:

Comentários