- AMERICAN IDOL - THE VOICE US/UK - THE X FACTOR

- ÍDOLOS - THE VOICE BRASIL - THE VOICE KIDS

Estreia do The Voice Brasil não parece uma estreia

The Voice Brasil 2016 - Quarta temporadaNão dá pra dizer que só temos candidatos fracos, pois isso não é verdade. A nova temporada está recheada de talentos, com uma larga vantagem para as mulheres – tanto em quantidade como em qualidade. O problema dessa estreia é que, em momento algum, parecia se tratar de uma estreia.

O que vimos foi um programa avulso, sem qualquer capricho a mais por ser primeiro o dia de audições da nova temporada. Estamos na quarta edição do The Voice no Brasil, mas não existiu uma retrospectiva mostrando a importância da marca The Voice ou como estão os vencedores tupiniquins.

Michel Teló, a grande novidade deste ano, sequer recebeu um tratamento especial. Apenas colocaram ele lá, disseram que era o novo técnico e pronto. Introdução seca, sem cerimônia alguma.

Se por um lado isso deixa o programa mais ágil, por outro, o mais importante, perde em emoção. E qual o sentido de um reality show sem emoção?

Veja também:

Comentários